Quinta, 21 Outubro 2021

Últimas Notícias

COVID-19. Mais de 50% da população mundial ainda não foi vacinada.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As mortes em todo o mundo ligadas à Covid-19 superaram 5 milhões na sexta-feira (02/10), segundo uma contagem da Reuters, com pessoas não vacinadas particularmente expostas à cepa Delta. Mais da metade das mortes relatadas na média de sete dias ocorreram nos Estados Unidos, Rússia, Brasil, México e Índia.

Após demorar pouco mais de um ano para o número de mortos do Covid-19 atingir 2,5 milhões, o número duplicou em menos de oito meses, de acordo com uma análise da Reuters.

Uma média de 8 mil mortes foram relatadas diariamente no mundo na última semana, ou cerca de cinco mortes por minuto. Mas a taxa global de mortalidade vem diminuindo nas últimas semanas.

Mais da metade do mundo ainda não recebeu pelo menos uma dose da vacina Covid-19, de acordo com o Our World in Data.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta semana que seu programa de distribuição Covax pela primeira vez distribuirá vacinas apenas para países com níveis mais baixos de cobertura.

Os EUA, que lutam contra desinformação sobre as vacinas que fez cerca de um terço da população evitar a imunização, superou 700 mil mortes na sexta-feira, o maior no mundo.

A Rússia relatou 887 mortes por coronavírus na sexta-feira, o maior número diário desde o início da pandemia e o quarto dia seguido de recordes. Apenas 33% da população elegível da Rússia recebeu a primeira dose de vacina.

Como região, a América do Sul tem o maior número de mortes no mundo, respondendo por 21% do total, seguida pela América do Norte e Europa Oriental, contribuindo com mais de 14% de todas as mortes cada, de acordo com a análise da Reuters.

A variante Delta é agora a cepa dominante no mundo e foi relatada em 187 dos 194 países à Organização Mundial de Saúde.